Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A penitência de uma dona de casa que acha que tem um encosto

Diarística. Autoficção. Versos.

A penitência de uma dona de casa que acha que tem um encosto

Diarística. Autoficção. Versos.

Os meus vizinhos mudaram-se. Percebo agora a insistência na lavagem abrupta dos vidros. Antes eram dois homens, agora um homem e uma mulher, ainda jovens. Pelos raros minutos em que estive na varanda, pude ver-lhes as faces esperançadas de relance, alguns cabides incompletos vogando no armário. Que desarme, assistir à vida!