Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A penitência de uma dona de casa que acha que tem um encosto

Diarística. Autoficção. Rompantes mais ou menos semânticos.

A penitência de uma dona de casa que acha que tem um encosto

Diarística. Autoficção. Rompantes mais ou menos semânticos.

Pessimista? Eu?, que rezo todos os dias a santinhos 

de pé de barro ou quebrado?

Antes me diga cética, jawohl!, 

com prazer de noviça enclausurada

por amor a Essoutro.

Guardo-me para o bem

e espero sempre o mal,

que é mais fácil pelejar

quando temos a lâmina

à mão. 

Não se iluda,

eu preparo-me para a 

desilusão

como sargento para a

guerra.

Mas da peleja,

ainda que sumidos,

ainda voltam alguns vivos,

da desilusão

é que não.