Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Penitência

Diarística. Autoficção. Rompantes mais ou menos semânticos.

Penitência

Diarística. Autoficção. Rompantes mais ou menos semânticos.

 

Talvez o encosto tenha sido ela mesma, o medo varejando-lhe ardis vários,

artificiosos e íntimos, arapucas autoinfligidas, o desejo escarninho de falhar e sofrer,

preferível à realidade óssea da imperfeição, uma sabotagem (in)consciente.